SOBRESP Psicologia Capa

Objetivo do Curso

O objetivo geral do curso de Psicologia da SOBRESP é graduar psicólogos para desenvolver a capacidade de raciocínio, observação e compreensão dos fenômenos e processos mentais, grupais e sociais de forma a utilizar técnicas e métodos do âmbito psicológico de forma ética e competente para: realizar trabalho integrado com outras áreas de atuação ou outros profissionais, realizar intervenções de qualidade para o público atendimento em qualquer local de trabalho realizado, avaliar contextos e decidir pela intervenção mais adequada, gerenciar recursos físicos e ambientais, estar atendo a formação ao longo do tempo e trabalhar para o progresso da sociedade e de toda a nação brasileira.

Ênfases Curriculares:

  • Processos Clínicos e Sociedade
  • Processos Organizacionais: Gestão e Consultoria

Áreas de Atuação

O profissional egresso do curso de graduação do Curso de Psicologia da SOBRESP estará apto para atuar, de forma competente, em uma ampla diversidade de áreas, com especial qualificação nas áreas de Processos Clínicos e Sociais e de Processos Organizacionais: Gestão e Consultoria. Entretanto, o profissional psicólogo poderá atuar em outros campos de prática profissional tendo em vista a formação generalista e voltada para a execução de diferentes demandas e processos sociais.

De modo amplo, mas não restrito, o psicólogo pode atuar nas seguintes áreas:

  • No atendimento clínico em setting terapêutico reservado ao psicólogo que possibilita ao terapeuta a escuta de um paciente ou de um conjunto de pessoas. Nessa perspectiva, pode se dar o atendimento individual de crianças, adolescentes adultos e idosos, famílias, casais ou grupos.
  • No atendimento clínico em setting terapêutico ampliado e voltado para o atendimento não formatado ao espaço e tempo tradicionalmente atribuído a clínica psicológica, realizando o acompanhamento de pacientes portadores de doença mental grave como psicoses e dependências químicas.
  • Na psicologia organizacional voltada para atividades de recrutamento, seleção, treinamento, desenvolvimento, etc, de pessoas e instituições.
  • Na saúde do trabalhador com o intuito de organizar e promover práticas de trabalho atentas ao bem-estar e saúde física e mental de trabalhadores.
  • Na gestão de pessoas auxiliando no entendimento e melhoramento das práticas em diferentes níveis e setores empresariais e organizacionais de modo a promover a melhoria na relação entre os sujeitos e no aumento de produção organizacional.
  • Na área da Psicologia da saúde, com o propósito de prevenção e promoção de saúde mental de indivíduos, grupos ou populações através da criação e/ou implementação de políticas públicas de saúde voltada para as demandas específicas, como os compostos por dependentes químicos, ou por pessoas portadoras de doenças crônicas, como os hipertensos, diabéticos, dentre tantos outros.
  • Nas instituições hospitalares, prestando serviços clínicos em situações pré e pós-cirúrgicas, tanto para o paciente quanto para os familiares, e prestando serviços institucionais em atividades gerenciais e técnicas, além de outras situações peculiares.
  • No ensino através da docência em Psicologia em níveis de ensino médio, superior e pós-graduação oferecendo subsídios de formação técnica e específica nos conhecimentos pertinentes e reservados ao Psicólogo e que possam contribuir para a formação de pares ou de outros profissionais.
  • Na Psicologia Educacional promovendo os propósitos institucionais que anseiem pelo desenvolvimento e evolução dos sujeitos bem como o auxílio aos indivíduos e agindo no gerenciamento em situações de dificuldades, tanto para os discentes quanto para os docentes, direção e funcionários.
  • Na pesquisa científica, testando e desenvolvimentos novas práticas de atuação ao ampliar os métodos e possibilitar a reaplicação de técnicas e práticas específicas à profissão.
  • Na Psicologia dos Desastres, ao agir em situações de crise e em vivências de acidentes, catástrofes ou quaisquer outro acontecimento inesperado que venham atingir uma parcela da população ao transformar um contexto social em contextos de vulnerabilidade e que as pessoas envolvidas fiquem em risco de preservação da integridade física, mental e civil.
  • Na Psicologia Jurídica, no que tange a promoção da compreensão e do entendimento dos fenômenos mentais de forma a auxiliar os operadores do Direito executando o trabalho de avaliação, perícia, mediação, atendimento clínico e de acolhimento, etc.
  • Na Psicologia do Esporte, na busca pela compreensão dos fenômenos psicológicos que possam intervir ou modificar e alterar o desempenho físico buscando o auxílio através do desenvolvimento das potencialidades emocionais promovendo saúde e bem-estar.
  • Na psicologia do Trânsito, ao realizar o entendimento do comportamento no trânsito de todos os usuários da via de forma a proporcionar um desenvolvimento e harmonia entre os sujeitos e o meio-ambiente através da responsabilidade social.

Vale ressaltar que o profissional psicólogo atua em quaisquer dessas áreas. Ao nortear pelo dever de prover atenção integral ao ser humano, considerando-o sujeito contextualizado em sua época e em seus afazeres. Deve atuar, assim, na promoção da saúde e na prevenção da doença mental na vida cotidiana, bem como na viabilização do desenvolvimento humano. Este profissional age com propósitos preventivo e curativo, reabilitador e promotor das potencialidades, em diferentes cenários onde o indivíduo pode receber cuidado e atenção.

Docentes do Curso

Coordenação do Curso

Coordenação de Pesquisa, Ensino e Estágio: Maria Odila Finger

E-mailmariaodilafinger@gmail.com


 

Coordenação de Extensão: Elizabeth Coelho

E-mailpsicologabeth@yahoo.com.br